quarta-feira, 3 de maio de 2017

FBI dá dicas para uma navegação segura na Internet

Imagem: Internet
Segundo o FBI com alguns passos simples é possível navegar com segurança na Internet.

Etapas que você pode tomar para minimizar os riscos associados ao fazer negócios on-line, navegar na Internet e compartilhar informações em sites de mídia social.

No mundo digital de hoje, a segurança on-line deve ser de grande importância para todos os indivíduos e organizações porque as ameaças colocadas pelos cibercriminosos não podem ser ignoradas. E para neutralizar estas ameaças, existem passos que você pode tomar para minimizar os riscos associados a fazer qualquer tipo de negócio on-line, navegar na Internet e / ou compartilhar informações em sites de mídia social.

O primeiro passo para uma maior segurança na Internet é básico, mas vital, que é trocar suas senhas on-line várias vezes por ano. Use senhas diferentes para cada conta on-line, pode torná-las únicas, mas não facilmente adivinhadas.

Níveis adicionais de segurança cibernética, como a autenticação de dois fatores (TFA), podem fornecer proteção ainda maior para suas informações. O TFA é uma tecnologia que aumenta a segurança ao incorporar requisitos além de uma senha, como um traço físico específico, um PIN dinâmico ou o local ou a hora de uma tentativa de login. Muitos provedores de serviços de e-mail e plataformas de mídia social oferecem TFA como um serviço gratuito - a maioria exige uma senha forte e fornece um PIN que muda periodicamente. Os usuários podem receber esses PINs facilmente através de aplicativos móveis ou mensagens de texto.

Em termos de mídia social, lembre-se que uma vez que as informações pessoais ou organizacionais foram postadas em um site de rede social, essa informação não pode mais ser considerada privada e pode ser - e às vezes é - usada para fins criminosos. As configurações de segurança mais altas em uma conta da Internet podem não ser suficientes para evitar um vazamento de dados confidenciais - por exemplo, os cibercriminosos geralmente podem obter senhas pessoais, independentemente da sua complexidade. Ao fazê-lo, eles podem obter acesso a credenciais bancárias e números de cartão de crédito, se apossar de informações de segurança social, baixar malware para um computador ou seqüestrar um dispositivo para perpetrar outros crimes. Portanto, tenha cuidado - publique as poucas informações pessoais possíveis, use a autenticação de dois fatores e tenha cuidado com links incorporados que, se clicados, podem levar a páginas fraudulentas e malware sendo baixado para o seu computador ou dispositivo móvel.

Outro nível de segurança online envolve a proteção de seus dispositivos móveis contra intrusos cibernéticos em locais públicos. Nem todos os hotspots WiFi em lojas de café, aeroportos ou hotéis têm proteções de segurança fortes. Pessoas próximas podem ser capazes de acessar essa rede aberta e coletar suas informações de login e o conteúdo de sua navegação on-line. Proteger seu telefone ou tablet é tão simples quanto evitar sites sensíveis que exigem um login, portanto, tente evitar entrar em contas bancárias, e-mail ou contas de mídia social enquanto estiver em um ponto de acesso Wi-Fi público. Mas se for necessário, use um provedor de serviços de rede privada virtual (VPN) confiável. Uma VPN permite a criptografia de dados e adiciona uma camada de segurança às comunicações, tornando mais difícil para os criminosos cibernéticos espionar você.

Um backup fora da banda é outra técnica útil de segurança cibernética. Isso envolve fazer o backup de seus dados em um ambiente virtual em nuvem ou armazenar cópias impressas de dados digitais em um local físico em outro lugar. Usar esse método é ideal para combater o ransomware, um tipo de malware que restringe o acesso a arquivos ou ameaça sua destruição, a menos que um resgate seja pago para o criminoso cibernético.

As crianças também podem aprender os passos para a segurança na Internet através do programa Safe Online Surfing (SOS) do FBI. SOS é uma iniciativa nacional para educar crianças de 3 a 8 anos sobre os perigos enfrentados ao navegar na web. A SOS promove uma boa cidadania cibernética entre os alunos ao envolvê-los em um programa on-line divertido, adequado à idade e competitivo, onde aprendem a usar a Internet com segurança e responsabilidade.

Embora existam inúmeros métodos e ferramentas para proteger o público e as organizações dos riscos do crime cibernético, sua melhor defesa é compreender e implementar práticas de segurança fortes e mantê-las regularmente. Fazê-lo pode levantar um firewall perpétuo contra cyber criminosos e manter seus dados confidenciais seguros.


Mais Dicas de Segurança na Internet

  • Proteja seu computador. Mantenha o firewall ativado e certifique-se de que seu software antivírus e antispyware está atualizado e seu sistema operacional está atualizado. E tenha muito cuidado com o que você baixar - abrir um anexo de e-mail de alguém que você não conhece ou mesmo enviar anexos de pessoas que você sabe que podem potencialmente infectar seu computador com códigos maliciosos.Cuidado com os golpes de mídia social. Um desses golpes envolve posts em sites de mídia social que aparecem para oferecer vouchers ou cartões de presente que exigem que você preencha um questionário, mas é projetado para roubar suas informações pessoais. Além disso, não publique fotos de shows de teatro, concertos ou eventos esportivos em mídias sociais - fraudadores podem criar um bilhete falso usando o código de barras obtido da foto.
  • Escândalos de aplicativos para smartphones. Antes de fazer o download de um aplicativo de uma fonte desconhecida, procure revisões de terceiros. Algumas aplicações, muitas vezes disfarçadas como jogos e oferecidas gratuitamente, podem ser concebidas para roubar informações pessoais do dispositivo.
  • Esteja atento aos golpes de compras on-line. Scammers muitas vezes defraudam os consumidores, oferecendo ofertas muito bom para ser verdadeiro através de phishing e-mails ou anúncios em sites não confiáveis, incluindo ofertas de produtos de marca em descontos extremamente baixos ou promessas de cartões-presente como incentivos para comprar produtos. Você pode acabar pagando por um item, dando informações pessoais e detalhes do cartão de crédito no processo, e não receber nada em troca, exceto uma identidade comprometida.
  • Não caia em golpes de "trabalho em casa". Você pode ver sites ou postagens oferecendo trabalho que você pode fazer a partir do conforto da sua própria casa, mas muitas dessas oportunidades têm motivações sem escrúpulos por trás deles. Sempre pesquise cuidadosamente o trabalho  oferecido na postagem, o indivíduo ou empresa oferecendo-lhe emprego.
Como sempre, se você suspeitar que foi a vítima de um crime cibernético, entre em contato com a aplicação da lei e apresentar uma queixa com o Centro de Queixa de Crimes na Internet do FBI.